Como são fabricados os pneus

Como são fabricados os pneus

Processo de produção

Mistura

A mistura de borracha do seu pneu é constituída por cerca de 30 tipos diferentes de borracha, enchimentos e outros ingredientes. Os ingredientes são misturados em misturadoras gigantes, que criam um composto negro e viscoso que será enviado para o corte.

Corte

A borracha arrefecida é cortada em faixas que irão formar a estrutura básica do pneu. Na etapa de corte, são preparados outros elementos do pneu, alguns dos quais revestidos com outro tipo de borracha.

Construção

Chega então a altura de construir o pneu, a partir do interior. Os elementos têxteis, as cintas de aço, os talões, as telas, o piso e outros componentes são colocados numa máquina de construção de pneus. O resultado é um “pneu verde”, que tem um aspecto semelhante ao produto concluído.

Cura

O pneu verde é então vulcanizado com moldes quentes numa máquina de cura, que comprime todas as partes do pneu e que molda o pneu na forma final, incluindo o padrão do piso e as marcas do flanco do fabricante.

Inspecção

Inspectores treinados, que utilizam maquinaria especial, irão então verificar todos os pneus para detectarem a mais pequena mácula ou imperfeição antes de estes serem enviados para comercialização.

Além disso, uma selecção de pneus é retirada da linha para verificações com raios-X, para procurar potenciais pontos fracos internos ou falhas. Os nossos engenheiros de controlo de qualidade também seleccionam pneus aleatoriamente da linha e cortam-nos, para assegurar que cumprem os padrões da Goodyear.

Explicação das peças de um pneu

Telas

são as camadas de tecido que constituem a estrutura do pneu e são, geralmente, compostas por cordas de fibra entrançadas e revestidas com borracha. Estas permitem que o pneu seja flexível, mas não elástico. Uma camada denominada tela carcaça, colocada directamente sobre o revestimento interno do pneu, torna-o resistente.

Talões

são fabricados com metal forte entrançado, revestido com borracha, e criam um vedante hermético entre o pneu e a jante da roda.

Cinta

as cintas de aço são colocadas à volta do pneu para reforçar a resistência e proporcionar rigidez. Estas são constituídas por folhas de fio de aço trançado, revestidas com borracha. Por vezes, também é adicionado um cabo de Kevlar para força adicional, resistência a furos e durabilidade.

Flanco

trata-se da área de borracha de espessura adicional que é colocada do talão ao piso e que oferece estabilidade lateral ao pneu. É também aqui que poderá encontrar todas as informações do fabricante sobre o seu pneu.

Ombro

o seu pneu tem uma pequena extremidade biselada entre o piso e o flanco. O seu design e construção têm um papel importante no modo como o pneu o ajuda em curvas.

Piso

trata-se da área macia do seu pneu, onde a borracha entra em contacto com a estrada. O piso proporciona amortecimento e aderência e o seu design e composto determinam muitas das principais características do desempenho do pneu.

Lamela e sulco

os blocos do piso são separados por sulcos profundos que permitem que o pneu disperse água, neve e lama. As lamelas são sulcos mais pequenos ou cortes feitos nos próprios blocos do piso, que proporcionam aderência adicional e que são especialmente importantes num pneu concebido para neve e gelo.

Coluna

a parte central do pneu é a parte mais vulnerável, pelo que alguns tipos de pneu têm uma coluna colocada ao longo desta parte central para proporcionar um reforço.