Portugal PT
Alterar país

Etiqueta de pneus da UE

Etiqueta de pneus da UE

A nova etiqueta de pneus da UE fornece informações importantes sobre questões de segurança e ambientais de um pneu. Semelhante à etiqueta energética dos eletrodomésticos, a etiqueta de pneus da UE facilita a comparação entre produtos de origens diferentes. No caso dos pneus para camiões, as comparações baseiam-se nos parâmetros de aderência em piso molhado, eficiência no consumo de combustível e ruído exterior.

Onde encontro a etiqueta de pneus da UE?

Desde novembro de 2012 que todos os pneus novos, com muito poucas exceções, têm uma etiqueta de pneus da UE. Para pneus de veículos comerciais, as classificações de etiqueta devem figurar em todo o material técnico promocional e na Internet. As classificações da UE são apresentadas para cada pneu no nosso site.

Eficiência no consumo de combustível

A eficiência no consumo de combustível está relacionada diretamente à resistência ao rolamento do pneu. Quanto menor for a resistência ao rolamento, menos energia é necessária para fazer avançar o veículo, reduzindo o consumo de combustível.

Como é classificada a eficiência no consumo de combustível?

A etiqueta do pneu apresenta a eficiência no consumo de combustível, classificada de A a F (G não é utilizado nas etiquetas dos pneus para camiões), numa escala de cores. A (verde) é a classificação mais alta e F (vermelho) é a classificação mais baixa de eficiência no consumo de combustível.

Qual o significado das classificações?

A gama de pneus para camiões da Goodyear com maior eficiência no consumo de combustível é a FUELMAX. Nas três linhas FUELMAX - pneus direcionais FUELMAX S, pneus de eixo motor FUELMAX D e pneus de reboque FUELMAX T – tanto as gamas de pneus direcionais como para reboque incluem modelos de classificação A, a mais económica em termos de eficiência no consumo de combustível, de acordo com os requisitos das etiquetas de pneus da UE. O pneu direcional 385/55R22.5 FUELMAX S é considerado o primeiro pneu direcional para camiões do mercado a obter a classificação A em eficiência no consumo de combustível. Os benefícios financeiros e ecológicos possibilitados pelo FUELMAX são consideráveis. Um operador com uma frota de 50 camiões pode poupar até 230 000€ por ano, utilizando pneus FUELMAX em vez de outros pneus da mesma medida, mas que tenham classificação D em eficiência no consumo de combustível na etiqueta de pneus da UE. Esta poupança pode refletir-se numa economia de 4655€ por camião anualmente*. *Os cálculos baseiam-se num conjunto típico de veículo trator 4x2 e semirreboque de três eixos com 40 toneladas, uma quilometragem anual de 100 000 km, um consumo de combustível de 32,3 l/100 km e um preço de diesel de 1,50€ por litro. O consumo de combustível e a poupança de custos reais podem variar, dependendo das condições da estrada, do estilo de condução e de outros fatores influenciadores.

Que outros fatores afetam a eficiência no consumo de combustível?

Para uma eficiência ideal no consumo de combustível, os pneus deverão ter a pressão de ar correta. Uma pressão de ar baixa aumenta a resistência ao rolamento e influencia a aderência em piso molhado, além de reduzir consideravelmente a vida útil do pneu.

Aderência em piso molhado

A aderência em piso molhado é um fator importante a ter em conta ao escolher novos pneus para camiões. Os pneus com uma classificação de aderência em piso molhado elevada irão proporcionar distâncias de travagem mais curtas ao aplicar os travões a fundo em piso molhado. Aderência em piso molhado é a capacidade de o pneu aderir à estrada em condições de piso molhado. A classificação da UE foca-se apenas num aspeto da aderência em piso molhado: o desempenho de travagem em piso molhado.

Como é classificada a aderência em piso molhado?

A aderência em piso molhado é classificada de A a F, sendo A a classificação mais alta e F a mais baixa. A classificação G não é usada em pneus de veículos comerciais.

Qual o significado das classificações?

No caso da aderência em piso molhado, a diferença entre os pneus de classificação A e F poderá refletir-se numa distância de travagem até 30% mais curta. Isto equivale a uma distância de paragem até 25 metros mais curta para um conjunto típico de veículo trator com semirreboque, com 40 toneladas de peso bruto e a uma velocidade de 80 km/h.*

* A distância de paragem real poderá variar, dependendo das condições da estrada, ABS, estilo de condução e outros fatores influenciadores.

Ruído

Os pneus contribuem para a quantidade de ruído gerado por um veículo na condução. Escolher um pneu com classificação de baixo ruído ajudará a reduzir o impacto no ambiente.

Qual o significado das classificações de ruído da UE?

A classificação da UE mede as emissões de ruído exterior do pneu em decibéis.

Dado que muitas pessoas não estão familiarizadas com os valores em decibéis, a classe de ruído também é apresentada. Esta classifica o pneu relativamente aos futuros limites europeus de ruído dos pneus.

  • 1 onda preta: silencioso (3 dB ou mais abaixo do futuro limite europeu, que será obrigatório para todos os pneus fabricados após 31 de outubro de 2016)
  • 2 ondas pretas: moderado (entre o futuro limite europeu e 3 dB abaixo)
  • 3 ondas pretas: ruidoso (acima do futuro limite europeu)

O significado das classificações

Os níveis de decibéis são medidos numa escala logarítmica. Isto significa que um aumento de apenas alguns decibéis representa uma grande diferença nos níveis de ruído. Com efeito, uma diferença de 3 dB duplica a quantidade de ruído exterior produzido pelo pneu.