Portugal PT
Alterar país

Inovação

Innovation

Inovamos

Novas descobertas tornam-se novas tecnologias e novas tecnologias tornam-se novos produtos para proporcionar melhor desempenho, mais segurança e maiores benefícios económicos. A inovação tem estado na vanguarda do espírito da Goodyear desde 1898. A nossa cultura de criação deu-nos tudo, desde a nossa marca – herdámos o nome de Charles Goodyear, inventor do processo de vulcanização – até à reputação de excelência que nos tornou um dos maiores fabricantes de pneus do mundo.
Atualmente, empregamos cerca de 67 000 pessoas, que fabricam os nossos produtos em mais de 50 fábricas em 22 países de várias partes do mundo, com vendas anuais de 18,1 mil milhões de dólares*. *O valor de vendas anuais refere-se a 2014

Nós estávamos lá

Na Goodyear , os nossos cientistas têm o orgulho de se basearem em mais de 115 anos de inovação em descobertas, concepção e fabrico para obterem a inspiração que sustenta a investigação dos nossos dias.

A descoberta da vulcanização

Para melhorar verdadeiramente a roda, foi necessária uma inovação tecnológica revolucionária. O que aconteceu foi um acidente que mudaria o curso da História para sempre. Charles Goodyear fabricava produtos em borracha desde a década de 1830. Porém, não era possível tratar a borracha de modo que resistisse a temperaturas quentes e frias, assim como a ácidos.
Os produtos em borracha tornavam-se pegajosos com o passar do tempo e decompunham-se. Em 1839, Charles Goodyear descobriu que ao aquecer borracha natural e enxofre criava borracha vulcanizada. A sua experiência produziu o processo de vulcanização que conhecemos hoje e que transforma a borracha num material durável.

Modelo T da Ford

Uma verdadeira inovação foi a produção do Modelo T da Ford. Uma vez que o Modelo T era produzido em massa, em linhas de montagem, e não manufaturado, tornava a mobilidade individual acessível à classe média dos EUA. Em 1907,
a Goodyear entregou os primeiros 1200 conjuntos de pneus a Henry Ford para serem usados nos carros Modelo T. A mobilidade motorizada tornou-se uma escolha realista para o grande público.

O primeiro pneu pneumático para camião

A Goodyear introduziu o primeiro pneu pneumático para camião em 1917. Até então, o transporte rodoviário era incómodo e pouco fiável. Além disso, devido aos limites de carga, o transporte de mercadorias com camiões em longas distâncias não era eficiente.
Com a introdução do primeiro pneu pneumático para camião, a Goodyear também fundou a sua primeira gama de camiões todo-o-terreno, a Wingfoot Express, que fez o percurso entre Akron e Boston nos EUA. A primeira viagem demorou 24 dias!

Super Single

Os semirreboques convencionais utilizavam rodas e pneus em pares, uma opção pesada, dispendiosa e que dificultava a manutenção. Para fazer face a esta situação, a Goodyear introduziu os pneus de reboque Super Single, que permitem que os pares de rodas e pneus sejam substituídos por pneus e jantes simples.
Esta mudança reduz significativamente o peso e permite, consequentemente, uma maior capacidade de carga. Também implica menos componentes, menos manutenção e menor resistência ao rolamento, reduzindo significativamente os custos gerais.

O primeiro pneu na lua

As inovações da Goodyear não ajudam apenas os transportes na Terra. Incluem pneus para uso no espaço. Em 1971, a Goodyear concebeu e construiu uma tecnologia de raiz para os pneus de rede metálica utilizados no veículo explorador lunar Apollo.

Pneus de competição para camiões com tecnologia RFID

A Goodyear fornece pneus de competição para camiões ao Campeonato Europeu de Corridas de Camiões da FIA desde 2004. Estes pneus conseguem suportar condições extremas (um camião de competição pesa, pelo menos, 5500 kg e pode atingir velocidades até 160 km/h).
Os pneus de competição para camiões Goodyear têm tecnologia RFID (identificação por radiofrequência) incorporada, conferindo uma identidade única a cada pneu.

Serviços e soluções

A inovação não se limita aos pneus, abrangendo também serviços e soluções. Os operadores de frotas dos dias de hoje procuram cada vez mais o apoio dos fabricantes na gestão de pneus. Em 2003, a Goodyear introduziu o sistema FleetOnlineSolutions (FOS) para melhorar significativamente a gestão de pneus e reduzir a burocracia para o cliente. O FOS tornou-se parte de uma gama de serviços de apoio ao cliente da Goodyear, introduzida em 2006, chamada FleetFirst.
A FleetFirst inclui a rede de assistência europeia TruckForce, assistência em viagem ServiceLine 24h, FOS e a vasta gama de serviços de recauchutagem da Goodyear. Em 2008, foi introduzido o FOS mobile, permitindo um programa de gestão de pneus ainda mais abrangente e sujeito a melhorias regulares continuamente.

Os pneus para camiões Goodyear definem recordes de velocidade

Foi com pneus Goodyear que o Mean Green, o camião híbrido mais rápido do mundo, bateu os recordes de velocidade mundiais nas categorias "standing kilometre" e "flying kilometre" em 2012. Recordes com pneus para camiões Goodyear:

  • Standing kilometer – 153 252 km/h (95 245 mph) (anteriormente 152 253 km/h (94 605 mph)
  • Flying kilometer – 236 577 km/h (147 002 mph) (anteriormente 218 780 km/h (135 943 mph)

Rumo ao futuro

Os cientistas da Goodyear continuam a inovar, concentrando-se num futuro que não só dá prioridade ao desenvolvimento de pneus que aumentam a eficiência dos transportes, mas que também reflete a necessidade de uma produção responsável num mundo com recursos cada vez mais escassos.

Nos últimos anos, trabalhámos em cooperação com a União Europeia para o desenvolvimento da etiqueta de regulamentação de pneus da UE, que permite aos operadores fazer uma escolha informada quando compram pneus novos.



O BioIsoprene

Trabalhamos também dedicadamente noutras áreas, como o desenvolvimento de produtos mais ecológicos. O nosso pneu de conceito BioIsoprene™ – um pneu feito de biomassa renovável – foi apresentado na Conferência do Clima de 2012, em Copenhaga.



Air Maintenance Technology (AMT)

  1. Um regulador interno deteta quando a pressão de ar do pneu está abaixo do valor em psi especificado. O regulador abre-se então, para permitir que o ar circule para dentro do tubo de bombeamento.
  2. À medida que o pneu roda, a deformação do pneu achata o tubo, forçando o ar através do pneu até à válvula de admissão.
  3. O ar entra na cavidade do pneu, otimizando a pressão.
A Goodyear está a desenvolver a Air Maintenance Technology (AMT) para veículos comerciais. A tecnologia AMT permite manter os pneus com a pressão ideal constante, sem ser necessário utilizar bombas externas, sistemas eletrónicos ou intervenção por parte do condutor.